Utilidade Pública

Light detecta mais de 640 “gatos” de energia em Mesquita

TÉCNICO LIGHT
Foto: Reprodução da Internet

As ligações clandestinas de energia, conhecidas como “gatos”, queimam equipamentos e causam curtos-circuitos ou até incêndios. Além disso, sobrecarregam a rede de distribuição da Light e provocam interrupções do fornecimento. Entre 01º e 08 de abril de 2018, a Light atendeu a 12 mil chamados em razão de interrupções, sendo o maior número de ocorrências registrado nas regiões onde se furta mais energia: as Zonas Norte e Oeste do Rio de Janeiro e a Baixada Fluminense.

Para combater esta prática, a Light realiza diariamente operações em sua área de concessão. No último dia 19, em ação concentrada no município de Mesquita, 1.132 locais foram inspecionados e 641 irregularidades no consumo de energia foram detectadas. O índice de acerto foi de 56%, ou seja, a cada 100 clientes, 56 possuíam algum tipo de irregularidade.

Combate ao furto de energia

Muitas vezes, o fornecimento de energia é interrompido por causa da sobrecarga dos equipamentos. Preparados para atender o número de clientes regulares/formais, os transformadores acabam não suportando a demanda gerada pelos “gatos”. O furto de energia na área de concessão da Light corresponde a cerca de 40% sobre a carga distribuída para a rede de baixa tensão, o equivalente ao consumo do Espírito Santo, durante um ano. O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal, com pena de até oito anos de reclusão.

Denuncie

A Light conta com o apoio da população para denunciar o furto de energia. Basta entrar em contato pelos seguintes canais:
Site: http://www.riosemgatodeluz.com.br/Paginas/Denuncie.aspx
Disque-Denúncia: (21) 2253-1177
Redes Sociais: (twitter.com/lightclientes e facebook.com/lightclientes)
Disque-Light Emergência: 0800 021 0196.

Leitores Online

1 Leitor visualizando esta matéria

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade