Meio Ambiente

Guardas ambientais de Mesquita pedem apoio à população para denunciar crimes ambientais

GUARDA AMBIENTAL
Época é propícia aos incêndios. Foto: Divulgação

O Grupamento Ambiental da Prefeitura de Mesquita está pedindo a parceria da população para a diminuição dos focos de incêndio nas áreas de mata do município, principalmente na Área de Proteção Ambiental (APA).

“De julho a agosto acontece o período de seca, o que proporciona que os focos de incêndios se alastrem com mais facilidade. Queremos orientar a população sobre os riscos em atear fogo em resíduos”, explica Gilmar Jophilis, coordenador de Meio Ambiente e chefe do Grupamento Ambiental.

Jophilis lembra que é proibido fazer fogueiras, ainda mais próximo a matas, e que o crime ambiental é previsto na Lei Federal 9.605, passível de multa e detenção,  entre outras penalidades, de acordo com cada caso.

O Grupamento Ambiental é ligado à Guarda Municipal, porém é um destacamento que atua junto à Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (SEMMURB). Além de combate a incêndios, o grupamento é responsável por atender a questões de maus tratos a animais, fiscalização ambiental e de construção irregulares, descarte incorreto de resíduos sólidos e líquidos, entre outras demandas. Informações e denúncias pelo telefone 2696-1243, da Guarda Municipal, ou através da Ouvidoria, no 0800 282 9260, que aceita ligações gratuitas de qualquer linha fixa, de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.

Postar Comentário

Clique aqui para comentar

Leitores Online

6 Leitores visualizando esta matéria

Publicidade