Mesquita Online
Notícias de Mesquita todo dia

Adolescente suspeito de matar deficiente auditiva em assalto é preso em Mesquita

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou pelo Telegram CLIQUE AQUI

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (25), dois homens e apreendeu um adolescente suspeitos de matar uma mulher durante um assalto a um ônibus em Madureira, na zona norte do Rio. O trio faz parte dos 416 presos na megaoperação Espoliador III. O menor foi localizado na casa da tia, em Mesquita.

De acordo com a Polícia Civil, os acusados, conhecidos como Míssil e Toró, foram encontrados em uma residência em Mangaratiba, na região metropolitana, local em que se esconderam após a repercussão do caso.

Em depoimento, os três admitiram o roubo ao ônibus. As investigações também apontaram que Míssil foi o autor do disparo que atingiu e matou Patrícia da Silva de Castro.

Ainda segundo os agentes, por ser deficiente auditiva, a vítima teve dificuldades de entender que a ação se tratava de um assalto. Ao notar a chegada de uma viatura e com a demora de Patrícia na entrega dos pertences, o homem atirou.

A mulher chegou a ficar internada por quatro dias no Hospital Municipal Albert Schweitzer, na zona oeste. Ela chegou a passar por uma cirurgia para a retirada da bala, mas nesta terça-feira (25), a unidade declarou a morte encefálica da paciente.

Míssil e Toró foram reconhecidos como autores de outros assaltos a ônibus na região e tiveram sua prisão temporária decretada. O adolescente foi apreendido e, apesar de ter completado 18 anos no dia anterior ao fato, responderá como inimputável por ter cometido o crime ainda menor de idade.

Fonte: R7
você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais