Mesquita Online
Notícias de Mesquita todo dia

Novas vagas para emissão documento de transferência de propriedade

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

PÁGINA INICIAL > IMPRENSA > NOTÍCIAS

Novas vagas para emissão documento de transferência de propriedade

22 de fevereiro de 2021

 

A partir desta segunda-feira (22/02), o Detran.RJ vai oferecer também em seus postos de vistoria o serviço de emissão de ATPV-e (Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo). Serão abertas inicialmente 2.250 vagas por dia para a emissão da ATPV-e nos postos. A previsão é de que, a partir da semana seguinte, sejam oferecidas 4 mil vagas diárias.

 

Até agora, os serviços de ATPV-e eram realizados apenas em Ciretrans (Circunscrição Regional de Trânsito), SATs (Serviço Auxiliar de Trânsito) e USDs (Unidade de Serviços Descentralizados). O objetivo de levar o serviço também para os postos de vistoria é reduzir a demanda reprimida pela emissão do documento no Estado do Rio. As vagas para agendar o serviço já estão sendo disponibilizadas no site do Detran e pelo teleatendimento, nos números (21) 3460-4040/4041/4042.

 

O ATPV-e passou a ser exigido em janeiro deste ano no novo processo digital de compra e venda de carros usados. É o documento equivalente ao que antes se chamava de DUT recibo. O vendedor deve comparecer a uma unidade do Detran, mediante agendamento prévio, para comunicar a intenção de compra e venda, e solicitar a emissão da ATPV-e, apresentando os seguintes documentos: cópia simples de RG e CPF (de comprador e vendedor) e CRLV-e. Se for pessoa jurídica, precisa levar CNPJ, cópia dos documentos constitutivos da empresa e documento de identidade do sócio/representante que solicita o serviço. 

 

Com o ATPV-e em mãos, comprador e vendedor devem ir ao cartório assinar e reconhecer firma no documento. Em seguida, o comprador inicia o processo habitual de transferência de propriedade, também mediante agendamento. É necessário apresentar o ATPV-e no dia da vistoria.

 

Nos casos em que o dono do veículo possui o CRV em papel, emitido antes de 4 de janeiro de 2021, o documento continua valendo, e a transação pode ser feita diretamente em cartório, sem a necessidade de ATPV-e, com agendamento para a transferência de propriedade.

 

Além de oferecer vagas para emissão de ATPV-e, o Detran aumentou o número de vagas em seus postos para os seguintes serviços: baixa e inclusão de alienação, troca de nome de proprietário, troca de categoria do veículo, troca de combustível, troca de placa, alteração de características e retificação de dados do veículo. 

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais