Mesquita Online
Notícias de Mesquita todo dia

Ex-candidata a prefeita de Mesquita é a nova rainha de bateria do Paraíso do Tuiuti

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

A empresária, cirurgiã dentista e ex-candidata a prefeita de Mesquita, Thay Magalhães é a nova rainha de bateria do G.R.E.S. Paraíso do Tuiuti.

Thay foi candidata a prefeita de Mesquita, pelo PSDB, nas eleições de 2020, onde terminou a disputa com menos de 2% dos votos. O apoio do presidente Jair Bolsonaro na campanha provocou polêmica e obrigou o presidente da agremiação, Renato Thor, fazer um pronunciamento:

“Em um bate-papo convidei a Thay Magalhães para ser a rainha da escola e ela imediatamente aceitou. Ratifico que o samba não tem fronteira, ele é apartidário. Independente de Direita ou Esquerda, eu sou brasileiro. Não estou aqui para aturar mimimi de internet. Queria que os políticos se unissem e pensassem no Brasil. Falo como presidente do Tuiuti. Não tenho partido. Independente do que acontece no Brasil, fizeram um monte de calúnia contra a nossa rainha, sou apaixonado pelo Lula, ninguém vai tirar isso de mim. Todo mundo tem o direito de escolher o que quer para sua vida. Eu gosto do Lula, mas a escola é apartidária. Somos sambistas”, disse o presidente.

A nova rainha já havia sofrido rejeição quando foi anunciada no posto, no início de março. Naquela época, Thay afirmou que se encantou pelo Tuiuti graças ao enredos críticos da escola nos últimos anos, como 2018, e se mostrou ansiosa para estrear à frente da SuperSom.

Renato Thor aproveitou para afirmar que o Tuiuti é uma escola de comunidade e que sempre valorizou seus componentes.

“Sempre demos moral para nossas princesas e musas da comunidade. Somos uma das maiores escolas de comunidade. Eu, como sambista, estou coroando a rainha Thay Magalhães e meu pai, cria da comunidade, vai colocar a faixa de rainha. Sei de onde eu sai, vim da ala de crianças, passei pela ala de passistas, fui mestre-sala e com 17 anos assumi a direção de bateria. Esse é o Renato Thor. Desde que coloquei na minha cabeça que eu ia comandar essa escola de samba com amor, carinho e paixão, aceitei esse desafio. O meu sobrenome o samba que me deu. A minha comunidade nunca mais saiu de mim. Sou um apaixonado pelo povo do Tuiuti e pelo samba”.

A nova rainha de bateria agradeceu pelo convite e o convite do Tuiuti. Em sua fala, ela lembrou as rainhas, musas e passistas das outras escolas.

“Muito obrigado o carinho de todos. O Tuiuti é trabalho e zero mimimi. O nosso objetivo é ajudar a comunidade, trazer comunidade e fazer um espetáculo digno a todos que nos assistem”, afirmou Thay Magalhães.

A coroação ocorreu no último sábado (10) durante a live de comemoração dos 69 anos da azul e amarela.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais