Mesquita Online
Notícias de Mesquita todo dia

Obras na Praça de Edson Passos acabam com alagamentos

Receba as matérias da sua cidade em primeira mão no seu smartphone ou tablet. WhatsApp CLIQUE AQUI ou Telegram CLIQUE AQUI

As obras realizadas pela Prefeitura de Mesquita na Avenida Presidente Costa e Silva colocaram ponto final nos históricos alagamentos da Praça Darcy Ribeiro, a Praça de Edson Passos, em dias de chuva forte. O banho de água suja no ponto de ônibus, por exemplo, se tornou coisa do passado.

Secretário de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos de Mesquita, Rholmer Louzada Junior fala sobre as intervenções da Prefeitura para acabar com os alagamentos.

“Havia 19 pontos de alagamentos em Mesquita. Dentre os mais críticos, estava o da Avenida Presidente Costa e Silva, na altura da Praça de Edson Passos. Fizemos mais de 900 ações de limpeza e desobstrução de ralos no município, construímos novas ‘bocas-de-lobo’. Só no trecho dessa praça, foram mais oito bocas-de-lobo. E canalizamos tudo para uma galeria de mais de 200 metros de extensão, que começa perto da UPA e desemboca no rio Sarapuí. O trabalho continua com a manutenção da limpeza”, relata.

Comerciante há mais de 20 anos em um box às margens da avenida, embaixo da passarela da estação, Orlando Formosa, de 75 anos, fala do fim do alagamento.

“Agora está ótimo. Não tem mais alagamento. O pessoal da prefeitura descobriu uma enorme galeria aqui, que não ligava nada com nada. Quando chovia, a rua e a praça ficavam cobertas de água. Vi muita gente tomar banho de água suja quando passava carro. Agora, desentupiram ralos, construíram outros e interligaram tudo à galeria. O alagamento acabou”, aplaude.

Banho de água suja

O alagamento no trecho da Praça de Edson Passos marcou a vida de Marisa Dias Moreira, agora com 60 anos.

“Eu tinha uns 35 anos. Estava toma arrumada e maquiada. Ia a um casamento e aguardava o táxi. Passou um ônibus e me deu um banho de água, dos pés à cabeça. Voltei para casa com muito ódio. Agora, soube que a prefeitura acabou com o alagamento. Que bom”, resigna-se.

Nilson Dias de Oliveira, 68 anos, o Nilson Presidente, também viveu os tempos de enchente em Edson Passos.

“Quando chovia, isso virava um mar. Cobria a praça e alagava tudo. Agora, com a galeria, que começa na Rua João Bittencourt (antiga Urano) e vai até o rio Sarapuí (na divisa com Nilópolis), a enchente acabou. E, com as obras de reurbanização, vejo Mesquita com cara de cidade”, enaltece.

você pode gostar também
Comentários
Loading...

Este site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Nós garantimos que está tudo certo com isso, mas você pode não desejar isso. Aceitar Saiba Mais